Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Estudantes realizam plantio de árvores no Parque Ecológico de Maracajá

Publicado em 28/09/2022 às 11:26 - Atualizado em 28/09/2022 às 11:26

O Parque Ecológico Municipal Prefeito Thomaz Pedro da Rocha, de Maracajá, além de ser um dos pontos turísticos mais visitados do extremo sul catarinense, também é fonte de estudos e de muitas ações de escolas do município e da região.

 

Na última semana, em comemoração ao Dia Nacional da Árvore, estudantes do 9ª Ano da Escola de Educação Básica Municipal 12 de Maio, acompanhados da diretora Aline Mello Rosso, realizaram uma ação no parque.

 

Com a supervisão do diretor de Turismo, Dilnei Fausto Borges, e da bióloga Daniela Gonçalves, os estudantes realizaram o plantio de cerca de 30 árvores frutíferas e nativas como araçá, goiaba, laranjeira, fruta-do-conde, acerola, entre outras.

 

Outra atividade desenvolvida com os alunos foi o enriquecimento alimentar junto aos animais do parque. "Os animais seguem diariamente um cardápio alimentar desenvolvido pela bióloga que inclui legumes, frutas e sementes, mas neste dia resolvemos implementar, fazendo o enriquecimento alimentar, onde introduzimos algo diferente, como folhas, pinhas, amendoim, pinhão e cascas de melancia", explica Dilnei.

 

Os animais contemplados com o enriquecimento alimentar compõem a fauna brasileira: papagaios, tucanos, araras, gavião carcará, gavião-carrapateiro, caturritas, macacos e saguis e jabutis.

 

Para o diretor de Turismo, Dilnei Fausto Borges, é importante que as escolas façam atividades que conscientizem os alunos da importância de preservar o meio ambiente. “Foi um encontro muito proveitoso, onde os adolescentes se empenharam nas atividades, e interagiram, mostrando bastante interesse sobre a fauna e a flora do parque”, relatou.

 

A diretora da escola, Aline Mello Rosso, comentou sobre a importância de conhecer na prática o que é debatido em sala de aula. “O parque é nosso patrimônio ecológico. Enquanto maracajaenses precisamos enaltecer, divulgar e cuidar. E toda essa ação começa na escola. Foi uma manhã muito produtiva, os estudantes retornaram à escola contentes em contribuir com o meio ambiente”, finalizou.