Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Estudantes da Escola 12 de Maio visitam Centro de Triagem de Maracajá

Publicado em 22/03/2022 às 09:55 - Atualizado em 22/03/2022 às 09:55

Com o objetivo de conscientizar as crianças e ensiná-las sobre a coleta seletiva, professoras da Escola de Educação Básica Municipal 12 de Maio, de Maracajá, abordaram em sala de aula a importância da separação correta dos resíduos sólidos.

Após o debate em sala de aula, os 70 estudantes das turmas dos 5º anos, acompanhados da diretora Aline Mello Rosso, e das professores Vanuza Fernandes, Gabriela Patrício e Alessandra Pereira, realizaram uma visita monitorada ao Centro de Triagem de Resíduos Sólidos Acendino José Capella.

 

O administrador do Centro de Triagem, Jairo Pedro da Silva, foi quem recepcionou a comitiva escolar. Na visita eles puderam acompanhar o processo de recepção, separação e destinação dos resíduos sólidos produzidos no município. "Um dos assuntos que mais enfatizei foi em relação ao lixo orgânico, que hoje é o nosso maior vilão, pois quando misturado aos demais materiais não tem serventia, pois o comprador final não tem interesse", detalha.

 

Ele salienta que atualmente o município consegue reciclar em média 40% do que é coletado. "O número poderia ser muito maior se houvesse uma conscientização das pessoas. Pois além de contribuir com o meio ambiente, nós conseguimos comercializar o que é reciclável, e esse valor retorna para investir na cidade", disse. A Administração está construindo um novo pavilhão anexo ao Centro de Triagem com recursos próprios, oriundos dos leilões que foram realizados em 2021.

 

A diretora da 12 de Maio, Aline Mello Rosso, comentou que os alunos foram participativos e que repassariam aos pais todo aprendizado. "Foi uma ótima oportunidade de entender a importância da separação do lixo e os cuidados que devemos ter com os resíduos para a correta separação", comentou.

 

Centro de Triagem

Atualmente são coletadas, diariamente, cerca de sete toneladas de resíduos sólidos em Maracajá. A própria Administração Municipal faz a coleta em 100% do território municipal, inclusive na zona rural, utilizando um caminhão com separador de resíduos, sem que sejam compactados.

 

No Centro de Triagem uma equipe abre cada saco de resíduo coletado e separa os materiais que podem ser utilizados em reciclagem. "O nosso desafio é conscientizar a população para que a separação de resíduos seja feita nas residências, facilitando o trabalho na triagem e ampliando a possibilidade de reciclagem de materiais", salientou o prefeito Anibal Brambila.

 

Os materiais triados são separados por tipo, prensados, enfardados, estocados e vendidos em leilões públicos. O excedente é encaminhado ao aterro sanitário.