Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Administração Municipal e Comunidades da Paróquia de Maracajá se unem para organizar a 29ª Festa do Colono

Publicado em 17/03/2022 às 15:52 - Atualizado em 17/03/2022 às 15:53

A 29ª edição da tradicional Festa do Colono de Maracajá já tem data definida: será no último final de semana de julho -29 a 31. Após dois anos sem realizar a festa devido à pandemia, a Administração Municipal retoma seu calendário de eventos.

Buscando reviver o contexto histórico da agricultura no município e promover o turismo regional, é que desde o ano de 1989 o município de Maracajá realiza a Festa do Colono. Este evento representa um momento de celebração em homenagem ao agricultor, aquele, que movimenta a economia do município desde a sua fundação, se constitui como uma oportunidade para a comunidade local e regional aliar as lembranças da agricultura tradicional com a agricultura moderna e também de compartilharem os saberes do campo, suas manifestações culturais e também religiosas.

 Além da característica inicial da festa de preservação cultural, cabe destacar que as ações proporcionadas pelo turismo cultural geram o fortalecimento econômico da região, com o aumento do fluxo turístico, incremento para a comercialização dos produtos oriundos da agricultura familiar, promoção do agronegócio, troca de experiências entre agricultores e fortalecimento da produção artesanal.

A partir destes objetivos a Administração Municipal deu a largada nesta terça-feira, dia 15/03, para a realização da 29ª edição do evento. O Prefeito Anibal Brambila, acompanhado da primeira-dama, Claudete Brambila, da Secretária de Administração e Finanças, Rejane Pereira, e de demais membros da comissão organizadora, receberam no Paço Municipal os representantes das comunidades que compõem a Paróquia de Maracajá.

Segundo o prefeito Brambila, no início do ano foi montada uma comissão, que inclui servidores efetivos, comissionados e cargos de chefia. "Este grupo vem se reunindo semanalmente para definição da programação e organização da festa. Buscamos formar uma equipe bem alinhada que trabalhe em parceria com as comunidades para fazer uma Festa do Colono inesquecível", disse.

Brambila salientou que a reunião com os membros das comunidades marca o primeiro passo para realização da festa. "O primeiro encontro teve por objetivo reunir as comunidades, apresentar o regulamento do concurso para escolha da rainha e princesas, apresentação de camponeses e debater o evento como um todo, de forma genérica, já que a programação ainda está sendo definida", explicou.

Regulamento

Para participar do concurso para rainha e princesas da festa podem participar filhas ou netas de agricultores das comunidades que compõem a paróquia. Bloco de notas de produtor rural ou comprovante de residência são solicitados para comprovação. As meninas interessadas em participar, assim como o casal de camponesinhos, podem procurar o Caep das suas comunidades.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 1º de abril, no Escritório da Epagri, anexo a Casa do Agricultor de Maracajá. Ficou estabelecido que a idade mínima da candidata é de 14 anos e que deverá residir na comunidade que representa.

A Comissão Organizadora da Festa do Colono se encarregará dos ensaios, do fornecimento de roupas e maquiagem para o tradicional baile, marcado para o dia 14 de maio. "O baile de escolha da rainha e princesas está confirmado para 14 de maio, no Ginásio Municipal, com animação da Banda Terceira Dimensão", informou a vice-presidente da Comissão Organizadora, Gisele Dal Pont.

No mesmo baile ocorre a apresentação da Camponesinha e Camponesinho de cada comunidade. As fichas de inscrição dos casais também devem ser entregues no escritório da Epagri, até o dia 1º de abril. Os participantes devem ter entre quatro e 11 anos de idade e residir na comunidade que representam, preferencialmente, serem filhos de agricultores.

Conforme Gisele, eventos tradicionais, como exposição bois, olimpíadas rurais, encontro de idosos e de produtores rurais, parque infantil gratuito para crianças, shows musicais, missa campal, desfile de carros alegóricos e máquinas agrícolas, serviço de bar e restaurantes estão previstos na programação, incluindo também uma “Alvorada Festiva”.