Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Projeto quer oportunizar nova perspectiva a alunos da 8ª série de Maracajá

Publicado em 22/09/2010 às 00:00 - Atualizado em 26/06/2014 às 10:23

Com o passar do tempo os professores da rede municipal de ensino observaram com certa apreensão, a realidade social de alguns adolescentes de Maracajá, pois verifica-se que muitos desistem de estudar logo que concluem o ensino fundamental ou o ensino médio, e poucos são os que procuram uma boa qualificação profissional ingressando em cursos em nível técnico ou superior.

Da mesma forma, percebe-se que alguns alunos já na 8ª série estão desmotivados, desinteressados, sem muitas perspectivas de vida. As vezes desejando apenas terminar o ensino fundamental e conseguir um emprego que geralmente não exige muita qualificação, alguns passam a envolver-se com drogas e violência, gerando assim vários problemas, para a sociedade. Sendo que o problema de gravidez na adolescência também uma realidade no município.

Deste modo, algumas professoras juntamente com as técnicas pedagógicas das escolas da rede municipal decidiram elaborar o projeto intitulado “Adolescência e perspectiva de vida”, visando interagir com a realidade dos alunos a fim de oferecer instrumentos para que estes adolescentes tenham um futuro mais justo e promissor.

O projeto prevê diferentes atividades motivacionais, como por exemplo, produção de gráficos sobre a realidade dos adolescentes do município; entrevistas sobre as diferentes profissões existentes no mercado de trabalho; projeção e interpretação de vídeos e filmes informativos sobre o tema; promoção de palestras sobre perspectiva e de vida e segurança pública; saídas de estudos em instituições de ensino superior e técnico da região, entre outras atividades.   

Este projeto objetiva orientar os adolescentes quanto a importância dos estudos e dos projetos de vida para um bom futuro profissional e pessoal. Estimulando os alunos para uma vida saudável livre de violência e drogas. Do mesmo modo, elencando os benefícios da formação para uma carreira profissional e não apenas para um trabalho, apresentando as inúmeras possibilidades existentes na atualidade para o adolescente ingressar numa formação para uma carreira profissional.

Os profissionais de educação envolvidos neste projeto também desejam homenagear e incentivar aqueles alunos que por terem se esforçado em continuar os estudos, hoje possuem boa qualificação profissional.

As atividades envolvendo os alunos das 8ªs séries das escolas municipais iniciaram no dia 9 de setembro, e no dia 10, alguns membros do Conselho de Segurança Pública Municipal (CONSEG) proferiram uma palestra sobre segurança pública e perspectiva de vida, para os alunos da E.E.B.M. Eulália Oliveira de Bem. Já nas escolas E.E.B.M. 12 de Maio e E.E.B.M. Encruzo do Barro Vermelho o projeto iniciou coma palestra com o Psicólogo Educacional Elder José Gonçalves que tratou do tema adolescência e perspectiva de vida.

No dia 20 de setembro os alunos, professores e diretores das unidades escolares foram recebidos na Universidade do Sul de Santa Catarina, (campus Araranguá), onde o professor Adriano Caldeira promoveu uma discussão sobre os critérios para a escolha profissional, a importância dos estudos em cada fase da vida e os meios de ingressar em uma universidade. Os visitantes assistiram um vídeo e conheceram alguns laboratórios e departamentos da Unisul.

O projeto estende-se até o próximo bimestre letivo e pretende atingir os melhores resultados possíveis junto aos adolescentes e jovens do município.


Galeria de Imagens

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Galeria de Arquivos