Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

#educação
Alunos e professores têm 1º Drive Thru da Saudade no sábado

Publicado em 24/06/2020 às 17:02 - Atualizado em 24/06/2020 às 17:02

Apesar das restrições e cuidados necessários em virtude da covid-19, os pais e os cerca de 200 alunos do Centro de Educação Infantil Margareth Rocha, de Maracajá, terão oportunidade de se rever neste sábado, dia 27, das 14 às 16 horas no “1º Drive Thru da Saudade”.

“Conviver diariamente com crianças de seis meses até quatro ano incompletos, todos os dias, cria vínculos entre elas, professores e servidores do CEI e não é uma pandemia que vai romper este relacionamento”, comenta a diretora da instituição, Rejane Pereira.

Conforme a diretora, desde que as atividades escolares foram interrompidas pelas normas do distanciamento social, a administração do Centro de Educação e Infantil e sua equipe tem se esforçado para manter viva e fraterna a relação com familiares e, sobretudo, com as crianças.

“É comum mães e pais colocarem os pequenos em ligações de vídeos com os professores, a pedido das crianças, especialmente daqueles que estão há mais tempo conosco e isto é um motivo de orgulho para nossa equipe”, acrescenta Rejane.

No “1º Drive Thru da Saudade” todas as regras de segurança sanitária e respeito ao distanciamento social serão seguidos, garante a diretora de Educação de Maracajá, Aline Rosso. “Todos os cuidados foram tomados, mas não vai faltar alegria neste reencontro”, diz.

Os pais ou responsáveis pelas crianças serão recebidos em seus carros, motos, bicicletas ou mesmo a pé, por professores e servidores do CEI, em uma estrutura montada à frente da instituição. Levarão para casa novas atividades pedagógicas e “uma surpresa”, relata Rejane.

Desde que as atividades do CEI Margareth Rocha foram suspensas, em março, pais e responsáveis pelas crianças têm recebido atividades pedagógicas à distância, para que mantenham a rotina de desenvolvimento dos alunos.

“Este envolvimento das famílias é fundamental para que as crianças tenham desenvolvidas suas potencialidades intelectuais e motoras, mesmo durante a pandemia e tenham estímulos para manter sua relação com o processo de aprendizagem”, enfatiza a diretora de Educação.